“Jesus retirou-se para a região de Tiro e Sidônia. Eis que uma mulher cananeia, vindo daquela região, pôs-se a gritar: ‘Senhor, filho de Davi, tem piedade de mim: minha filha está cruelmente atormentada por um demônio!” (Mateus 15, 21)

Reflexão:

Não precisamos ter grandes problemas para nos preocuparmos com nossos filhos. Precisamos ter amor e compaixão de nossas mães, porque elas são verdadeiras guerreiras e mulheres de fé.

Casais: Temos sido capazes de prestar atenção às necessidades de nossos filhos? CMFSMR?

SACERDOTES e RELIGIOSAS (OS): Tenho sido capaz de prestar atenção ás necessidades da minha Igreja/Comunidade? CMFSMR?

ASN PÓS ENCONTRO – BRASIL