“Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça”. (João 15,16)

Reflexão:

A alegria de um pai e de uma mãe, os frutos do relacionamento são os filhos, gerados ou adotados, não há diferença, mas são frutos do amor. O fruto do trabalho de uma pessoa é aquilo que ela produz, que ela deixa, mas qual é o fruto do discípulo de Jesus, daquele que foi chamado e escolhido por Jesus?

Casais: O que gostaríamos que tivesse o futuro casamento de nossos filhos pelo que percebemos no nosso casamento e no nosso relacionamento atual? CMFSMR?

SACERDOTES e RELIGIOSAS (OS): O que gostaria que tivesse o futuro da minha Igreja/ Comunidade pelo que percebo no meu relacionamento com ela? CMFSMR?

ARQUIDIOCESE DE PORTO VELHO-RO