“Por isso, o homem deixará pai e mãe, e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne’? De modo que eles já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe” (Mateus 19, 5)

Reflexão:

Hoje nós queremos, iluminados pela Palavra de Deus, ressaltar a importância e o valor do matrimônio e reconhecer que ele é um sacramento de amor, de união divina e indissolúvel. Quem se decide pelo matrimônio, quem se decide pelo amor, se decide a viver uma vida de unicidade com a outra pessoa.

Casais: Respeitamos e acalentamos nosso casamento como um presente de Deus? CMFSMR?

SACERDOTES e RELIGIOSAS (OS): Respeito e acalento o meu sacerdócio, vida consagrada como um presente de Deus? CMFSMR?

ASN PÓS ENCONTRO – BRASIL