Reflexão:

“Aquele que acredita no Filho possui a vida eterna.” Frente a pregação do Evangelho, não se pode ficar neutro. A pregação pede uma decisão: a conversão ou a rejeição; crer em Jesus ou rejeitá-lo. Por vezes, nosso testemunho de vida será nossa proclamação da Palavra de Deus. Não o testemunho de uma vida sem pecados, de aparente pureza e retidão, até porque isso seria em certo sentido uma mentira, visto que todos nós temos pecados. Ao contrário, nosso testemunho deve ser o de pessoas humildes, que buscam a santidade sabendo que são falhas e pecadoras, mas que continuam tentando sempre, e que mesmo que caiam continuam se levantando, auxiliadas por Deus.

Casais: Em nosso relacionamento, penso que tenho sido um testemunho de vida para você? CMFSMR?

Sacerdotes e Religiosas (OS): Em meu relacionamento, penso tenho sido um testemunho de vida para a comunidade e para os outros? CMFSMR?

ASN PÓS ENCONTRO – BRASIL