Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém”. (Lucas 2,38)

Reflexão:

Movidos por esse espírito que moveu Ana, também louvemos a Deus e, por favor, não fale tanto dos seus problemas, das suas aflições, das suas crises, das coisas que não deram certo, mas fale de Jesus. Ana falava de Jesus para todas as pessoas que esperavam a libertação de Israel.
Quantos no meio de nós estão esperando por libertação da opressão, libertação das situações de escravidão do tempo presente, libertação das situações que não são resolvidas na vida.

Casais: Como me sinto quando participamos da comunidade de apoio? CMFSMR?

SACERDOTES e RELIGIOSAS (OS): Como me sinto quando participo da comunidade de apoio? CMFSMR?

ASN PÓS ENCONTRO – BRASIL